Você faz pagamento por aproximação? Cuidado para não ter problemas financeiros

Reclamações por problemas com pagamento com cartão por aproximação (ou contactless) vem sendo registradas nos mais diferentes órgãos de defesa do consumidor. 

A maioria das queixas é de consumidores que tiveram seus cartões furtados, roubados ou simplesmente sumiram e foram usados por terceiros para pagar compras. Claro que a conta chega para o verdadeiro dono do cartão.

Leia também:

Você sabe como é feita uma análise de crédito? Vamos te explicar

Quais as vantagens de estar no Cadastro Positivo?

Passo a passo para consultar suas informações no Cadastro Positivo

Se você aderiu ao sistema de pagamento com cartão por aproximação, saiba o que pode ser feito para não ter de arcar com estas compras. 

Se você nem sabe o que é pagamento com cartão por aproximação, vamos explicar como funciona.

Como funciona o pagamento por aproximação

O pagamento por aproximação acontece por meio de uma tecnologia chamada NFC (Near Field Communication). Basta aproximar o cartão da máquina e, pronto, o valor já é debitado de seu saldo na conta corrente ou, se for crédito, lançado na sua fatura do cartão. 

A cada transação realizada com NFC é gerado um tipo de criptografia. Ela protege os seus dados e os do cartão. Além disso, essa tecnologia é protegida contra duplicidade de pagamento.

A modalidade de pagamento por aproximação já vem habilitada automaticamente em quase todos os cartões. Quem quiser desabilitá-la precisa pedir para a instituição financeira.

Por este sistema de aproximação, é possível também fazer pagamentos utilizando o celular e até pulseira com o sistema NFC.

É preciso digitar senha?

Até o valor de R$ 200 não há necessidade de digitar a senha. Acima deste valor, a compra só é liberada após o dono do cartão digitar os números de sua senha. E isso vale para qualquer meio de pagamento por aproximação. 

E é aí que mora o problema. Como até R$ 200 é possível fazer pagamentos sem senha, os golpistas de posse do seu cartão conseguem fazer compras só o aproximando a máquina. Para realizar transações por aproximação, é preciso ter uma distância de apenas 4 cm entre o cartão e a maquininha. 

Fui vítima. O que faço?

A primeira providência é registrar Boletim de Ocorrência numa delegacia de polícia. Aliás, o comunicado à polícia deve ser feito inclusive quando você perceber o desaparecimento do cartão seja por qual motivo for. 

Em seguida, procurar a imediatamente as instituições bancárias, que representam os cartões, pedindo o bloqueio imediato dele(s).

Neste contato, fazer a solicitação do estorno do valor. Se houver negativa, o ideal é procurar os órgãos de defesa do consumidor. O último recurso é a Justiça.

Os bancos costumam analisar as reclamações de consumidores de compras feitas por golpistas utilizando cartão por aproximação. Mas os próprios consumidores alegam que os resultados não são, geralmente, favoráveis a eles. A resposta mais comum que escutam é que os bancos “não fazem estorno de compras realizadas nessa modalidade”.

Confira o valor antes da transação

Outro cuidado que você deve ter ao fazer pagamento por aproximação sem o uso da senha, ou seja, até R$ 200, é conferir o valor da transação. Ele aparece na tela da maquininha.

Isso é importante porque, como a transação é mais rápida, muitas pessoas se esquecem de conferir o valor. Pode ocorrer de ser colocado na máquina, por descuido ou má-fé, um valor diferente daquele que você deveria pagar.

Outra dica é manter o cartão distante da maquininha até que você possa conferir o valor.

Acompanhe o extrato das transações

Aproveite a comodidade dos aplicativos dos bancos e acompanhe periodicamente os lançamentos em sua conta corrente e em seu cartão de crédito. Se não reconhecer alguma transação, a comunicação com o seu banco será mais rápida e evitará que seu cartão seja usado várias vezes.

Opte por ativar as notificações do aplicativo. Assim, você será avisado quase que em tempo real das transações realizadas com seu cartão. Se identificar compras suspeitas, já peça o bloqueio dele. 

Entenda seu Score

No site da Boa Vista você pode acompanhar seu Score e saber como é visto pelo mercado de crédito. Tem também informações de como melhorar sua nota de crédito. 

Então, não perca tempo! Entre no site periodicamente para saber a sua nota de crédito.

Consulte grátis seu CPF e SCORE
Comece agora uma nova vida financeira

Posts relacionados