Afinal, bancos digitais são seguros?

Será que os bancos digitais são realmente seguros? Esta pergunta ainda tá na cabeça de muitos consumidores, mesmo já fazendo um tempinho que os bancos digitais se firmaram aqui no Brasil. Mas vamos lá, sem enrolação: se você tem medo de ter uma conta digital, não há com o que se preocupar!

Leia também:

Resolva sua vida financeira sem ir ao banco

Dicas para quem quer sair do vermelho e viver numa Boa

Mitos e verdades sobre o crediário

Assim como os bancos tradicionais, os digitais também são regulados e fiscalizados pelo Banco Central. O órgão regulador financeiro determina que qualquer instituição financeira (incluindo os bancos tradicionais que operam no modo virtual) tenham uma “política de segurança cibernética”. Ainda, define os “requisitos para a contratação de serviços de processamento e armazenamento de dados e de computação em nuvem”.

O que são os bancos digitais

Os bancos digitais, também conhecidos como fintechs, surgiram com a proposta de oferecer serviços mais práticos, eficientes e com baixo custo ao consumidor.

São instituições financeiras como as que sempre conhecemos, mas que operam apenas no universo on-line. Ou seja, não possuem agências.

Neles é possível ter conta corrente, cartão de crédito e de débito, pagar contas, ter poupança e fazer investimentos.

Ou seja, tudo o que se faz num banco tradicional. A diferença é que tudo é feito pelo aplicativo do celular ou outro dispositivo, como computador ou tablet.

Os bancos digitais são seguros?

Sim. A segurança pode ser considerada de duas maneiras: acesso/autenticação e proteção por órgãos governamentais.

Por estarem sempre em inovação, geralmente os bancos digitais oferecem os métodos mais avançados de autenticação no aplicativo no lugar da senha tradicional. Como por exemplo, reconhecimento facial, digitalização de impressões digitais, reconhecimento de voz, leitor de íris.

Bancos digitais podem quebrar?

Sim. Mas os tradicionais também!

Como são instituições mais novas e geralmente menores, pode ser que não contem com a solidez financeira do capital de grandes bancos.

Se quebrar, perco meu dinheiro?

Não necessariamente. Depósitos à vista, depósitos na poupança ou aplicações em CDB ou RDB (Recibos de Depósito Bancário) são garantidos pelo FGC (Fundo Garantidor de Créditos), até o limite de R$ 250 mil.

Ou seja, estão amparados pelo mesmo fundo dos bancos tradicionais.

Vantagens dos bancos digitais

Você consegue abrir uma conta em minutos e não precisa sair de casa. Tudo é feito pelo celular. Alguns não cobram taxas de manutenção da conta nem tarifas.

Pode-se fazer depósitos pelo aplicativo, assim como solicitar empréstimos – com taxa acessível – e cartões de crédito.

Por que usar um banco 100% digital

Pela praticidade, uma vez que todas as operações são feitas via smartphone.

Alguns podem até oferecer mais recursos, entre eles notificações de gastos em tempo real; suporte no aplicativo, congelamento e descongelamento de cartões, etc.

Se você perder seu cartão, por exemplo, tem como bloqueá-lo (congelamento) diretamente no aplicativo. Se encontrá-lo, basta desbloqueá-lo (descongelar) para usar normalmente.

Alguns bancos tradicionais já incorporaram alguns desses recursos nos seus aplicativos. Assim, a jornada do correntista de aplicativos bancários tradicionais e digitais é semelhante.

Vale a pena ir para um banco digital?

O banco digital opera da mesma maneira que você está acostumado no tradicional. Isto é, tem um número de conta e senha e você pode efetuar pagamentos e receber salário.

Agora, se  mesmo assim você ainda faz questão do contato com gerente e de ir na agência física, então o banco digital talvez não seja muito pra você! O importante é você conhecer todas as alternativas de banco e escolher a que mais te agrade.

Lembrando que é preciso conhecer bem os serviços do banco digital escolhido para migrar sua conta corrente. Como são relativamente novos, podem oferecer produtos financeiros diferentes. Por exemplo, uns dão mais ênfase a cartões de crédito, outros a financiamentos e empréstimos.

Terei acesso à minha conta ao trocar de celular?

Sim. Você pode fazer login em sua conta em dispositivos diferentes.

Só precisa se atentar qual forma de autenticação (senha) no aplicativo você cadastrou.

Saiba que, em alguns dispositivos, o acesso à conta pode ser protegido pela digital. Então, é só colocar o dedo na câmera fotográfica ao acessar a conta, que conseguirá entrar facilmente.

Se tiver problemas, deverá procurar o suporte ao cliente por meio do bate-papo no aplicativo, que funciona 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Serviços que te ajudam a administrar seu orçamento

Os bancos digitais oferecem serviços que podem ser muito úteis para que você administre seu orçamento doméstico.

Alguns oferecem relatórios de gastos mensais, projeções de gastos futuros, parcerias com outros aplicativos financeiros, dentre outras coisas bem legais pra te ajudar a controlar seu orçamento!

Consulte grátis seu CPF e SCORE
Comece agora uma nova vida financeira

Posts relacionados