Black Friday está chegando. Você está preparado financeiramente?

A Black Friday está chegando. Neste ano será em 26 de novembro e, provavelmente, você já está pensado em como aproveitar o maior evento de descontos do Brasil.

Mas, antes de fazer qualquer lista de produtos que desejaria comprar, é fundamental olhar para seu orçamento doméstico. Só assim conseguirá adquirir itens que estão em sua lista de desejos sem correr risco de ficar no vermelho.

Na ponta do lápis (ou na tela do celular)

Se você já tem como rotina administrar seu orçamento doméstico, com certeza já deve ter feito uma reserva de dinheiro para gastar na Black Friday.

Leia também:

Aplicativos e planilhas para facilitar sua vida financeira

Como fazer um planejamento financeiro familiar

Você sabe se o seu cadastro positivo está ativo?

Agora, se você é daqueles que só no fim do mês vai verificar se o dinheiro que entrou foi suficiente para pagar os compromissos financeiros, com certeza precisa se organizar financeiramente. Só assim evitará fazer compras sem ter como pagar. 

Então, o primeiro passo para se planejar financeiramente para a Black Friday é elaborar um orçamento doméstico. Portanto, você deve registar numa planilha os gastos, mês a mês, inclusive dos meses anteriores, para conhecer o valor total de suas despesas as cada 30 dias.

Na sequência, registrar os valores que entram mensalmente de salário, aposentadoria (se for o caso) e, se tiver, outras rendas. Depois, basta fazer uma conta simples de subtração com o total das entradas menos o total das despesas. 

Se sobrar algum valor e ele realmente estiver disponível, então, você já sabe quanto poderá gastar na Black Friday.

Não tem dinheiro disponível para a Black Friday

Calma. Há tempo ainda de fazer sobrar algum dinheiro do seu orçamento doméstico para fazer compras na data.

Tudo o que você precisa fazer é se debruçar sobre sua planilha de orçamento e ver o que é possível cortar ou diminuir para ter algum dinheiro disponível.

Provavelmente, ao olhar com atenção seus gastos encontrará alguns que poderão ser reduzidos ou até cortados. Exemplo: você pode reduzir a conta de luz diminuindo o tempo no chuveiro ou apagando lâmpadas de ambientes em que não tem ninguém. Na conta de água, a redução do tempo no banho também diminui o consumo de água. Consequentemente, barateia a fatura no fim do mês.

Outra possibilidade é cozinhar mais em casa, reduzindo o número de vezes por mês que você pede comida por delivery. E até é possível reduzir a conta do supermercado e da feira. É comum nos lares brasileiros se jogar muita comida fora por já estarem fora da validade ou por estragarem na geladeira.

Ou seja, com pequenas atitudes é possível deixar o orçamento doméstico mais enxuto e, finalmente, aproveitar a Black Friday.

Use com cuidado o cartão de crédito

Com a sobra de dinheiro que você terá ao reorganizar suas compras e seu orçamento, você poderá pagar em parcelas o que deseja comprar na Black Friday.

O único cuidado é ter certeza de que terá disponibilidade de dinheiro para pagar integralmente a fatura do cartão de crédito. Caso contrário, irá arcar com mais despesas, já que terá de pagar juros sobre o valor lançado em seu cartão.

Contas futuras

Como a Black Friday é no fim do penúltimo mês do ano, você já deve levar em conta que no início do ano chegam boletos de IPVA, IPTU. Assim como terá de comprar material escolar, além das despesas das festas de fim de ano que certamente vão sobrar para 2022.

Isso significa que quando você for organizar o orçamento doméstico para ver quanto pode gastar na Black Friday deve considerar também todos os gastos de início de ano.

Uma dica de educadores financeiros para suavizar as despesas de início de ano é “esquecer” o dinheiro extra que entrará, como 13º salário. 

Assim o orçamento vai ficar bem mais folgado e você estará muito mais seguro para fazer suas compras na Black Friday.

Quer conhecer seu Score?

Você pode consultar seu Score na Boa Vista na hora que quiser ou precisar.

Basta clicar aqui

É gratuito.

Consulte grátis seu CPF e SCORE
Comece agora uma nova vida financeira

Posts relacionados