Comprar os presentes de Natal exige planejamento

Como tá a sua preparação para comprar os presentes de Natal? A propósito, você pensou nisto durante o ano e fez uma reserva financeira? Ou vai pagar tudo parcelado com o cartão de crédito e financiamentos?

Leia também:

Saiba como fazer o pagamento por aproximação

Faça as pazes com o cartão de crédito

Mitos e verdades sobre o crediário

É preciso lembrar que os gastos de fim de ano não se resumem a comprar os presentes de Natal. Igualmente, é preciso atenção também para os alimentos e bebidas que serão consumidos nas ceias e almoços de Natal e Ano Novo.

Você tem orçamento para tudo isso?

Entrar o novo ano pagando contas das festas daquele ano que já acabou não é uma boa. Mas, como nem sempre dá pra pagar tudo à vista, vamos ver o que é possível fazer para comemorar as festas?

Orçamento doméstico

Tudo precisa começar com um bom olhar no seu orçamento doméstico. Assim, saber se as receitas e as despesas estão equilibradas pode ser um bom indicador de que pode gastar um pouquinho mais para comprar os presentes de Natal.

Se houver saldo positivo, então, melhor ainda para programar as compras e até pagar tudo à vista.

Entretanto, se você já tá no vermelho, colocar a mão no freio nas compras de presentes de Natal é imprescindível. Claro que é triste não poder presentear quem a gente ama, mas primeiro é preciso organizar as finanças, senão tudo piora! Você pode optar por comprar uma lembrancinha para aquelas pessoas que você quer mesmo presentear e, para os demais, deixar para quando estiver melhor de grana.

Lista de compras

Preparar uma lista de compras é um bom caminho para não sobrar muitas contas para o próximo ano. O valor total que você irá gastar ao comprar presentes de Natal vai depender do que você apurou no seu orçamento doméstico.

Orçamento no azul?

Se estiver com saldo no seu orçamento, divida o valor que você terá para gastar com a quantidade de presentes que irá comprar. Você chegará a um valor médio de quanto poderá pagar em cada presente. É só uma média. Não impedirá que gaste mais em um determinado presente e menos no outro. O importante, aqui, é não estourar o valor estipulado.

Orçamento zerado?

Caso não haja nenhuma disponibilidade de dinheiro, determine um valor total a ser gasto assim como em quanto tempo você pagará a dívida que vai encarar no próximo ano com as compras de Natal. Isso precisa ser feito de forma que não tenha déficit nos próximos meses. Ou seja, terá de cortar alguma conta para fazer caber os gastos com as compras de presentes de Natal e não entrar no vermelho.

Compras antecipadas

Evite deixar as compras de presentes de Natal pra última hora. Além de ficar sob pressão, as escolhas poderão ser impulsivas, levando-o a gastar mais do que o planejado.

Comparativos de preços

Para ficar dentro do valor determinado para cada presente, consulte os sites de comparativos de preços. Assim, você já saberá onde o item que pretende presentear está mais barato e não precisará andar de loja em loja.

Os comparativos de preços costumam mostrar gráficos com históricos de preços. Se observar que o preço do item desejado subiu neste período, pode repensar se vale a pena pagar mais caro agora ou esperar o início do ano, quando normalmente os preços abaixam.

Tente pagar à vista…

Pagar os presentes de Natal à vista pode lhe garantir descontos no preço. Além disso, é claro, evitar que sobre dívidas para os próximos meses.

Se tiver dinheiro para isso, não tenha vergonha de pechinchar. Principalmente se irá usar o PIX para fazer o pagamento. Por este meio, o dinheiro entra na hora na conta de quem lhe está vendendo.

.. ou use bem o cartão de crédito!

Pagar com o cartão de crédito é o único jeito para as suas compras de presentes de Natal? Então, verifique se vai conseguir quitar a fatura no próximo vencimento.

Em outras palavras, se entrar no crédito rotativo, o presente de Natal sairá muito mais caro do que o preço original em decorrência dos juros que serão somados ao valor da fatura. E esses juros são um dos mais altos do mercado!

Viu uma promoção?

As promoções são um perigo para qualquer orçamento doméstico, uma vez que elas instigam a gente a comprar por impulso.

Assim, se ver uma oferta, seja em lojas físicas ou virtuais, pare, respire e pense muito bem se vale a pena comprar!

Próximo ano

Ao fazer seu planejamento orçamentário para as compras de presentes de Natal não esqueça que o início do ano é recheado de contas a pagar, como material escolar, IPTU, IPVA, etc.

Consulte grátis seu CPF e SCORE
Comece agora uma nova vida financeira

Posts relacionados