Dicas para passar o ano sem Dividas

DICAS PARA PASSAR O ANO SEM DÍVIDAS*

Faça o planejamento do orçamento pessoal e familiar
Esse é o mandamento número 1 do consumidor. Para que a saúde financeira esteja sempre em dia, você deve planejar e acompanhar diariamente seus gastos. Colocar na ponta do lápis todos os recebimentos e gastos previstos para o ano, e pelo menos uma vez por semana fazer o acompanhamento e a atualização.

Pague à vista quando valer a pena
Algumas contas quando pagas à vista recebem descontos vantajosos. Tendo dinheiro disponível pode significar uma boa economia.

Parcele apenas o que cabe no bolso
Uma dica é parcelar as despesas de início de ano que não incidem em juros altos, como IPTU, IPVA e seguros. Não esqueça de incluir esse parcelamento no planejamento anual.

Contribua para o meio ambiente
Entre todas as despesas, veja o que pode ser cortado ou ao menos reduzido, como por exemplo, contas de consumo de energia, água, gás e telefone. Essa atitude contribui para a redução de fontes não renováveis de energia e ajuda a preservar o meio ambiente.

Poupe dinheiro
Ter dinheiro guardado para um momento de maior necessidade é muito útil para não desequilibrar o orçamento. Se você ainda não tem o hábito de poupar, comece guardando pequenas quantias todo mês. Aos poucos, essa rotina se torna um hábito.

Uso de reservas
Sobrou dinheiro do 13° salário? Use-o para quitar as dívidas de início de ano. Mas lembre-se: evite novas dívidas após quitar essas contas.

Negocie sempre
O brasileiro gosta de pechinchar, e esse hábito é muito saudável para o seu bolso. Quando comprar algo, negocie o preço, peça desconto. Comprando vários itens na mesma loja, seu poder para pechinchar fica maior.

Pesquise os preços
Outro hábito que ajuda a manter o equilíbrio das contas é pesquisar antes de comprar, ainda mais quando o preço do produto é alto. Na internet, além dos sites das principais lojas, existem os sites comparadores de preços. Nas compras de mercado, vale obter os folhetos promocionais e comprar de forma mais intercalada, aproveitando os preços.

Cuidado com o cheque especial
Pode ser uma opção tentadora para uma necessidade do momento, mas muito cuidado! As taxas de juro são altíssimas. A dica é optar por linhas de crédito com juros menores, como o crédito consignado, por exemplo.

Use o cartão de crédito com responsabilidade
É um grande aliado para pagamento de compras e traz inúmeros benefícios aos consumidores quando usado de forma moderada e responsável. Do contrário, pode desequilibrar as contas, gerando uma dívida crescente com juros altíssimos e consequentemente efeito “bola de neve”.

Consulte nosso Guia “Dicas de Ouro para você economizar” disponível para download em “Publicações”.

* As dicas deste guia são opiniões de consumidores coletadas em pesquisa eletrônica.

Consulte grátis seu CPF e SCORE
Comece agora uma nova vida financeira

Posts relacionados