PIX Saque e PIX Troco vêm por aí. Saiba como usar

Com o PIX Saque e o PIX Troco, será mais fácil sacar dinheiro. 

Previstos pelo Banco Central para começarem a funcionar no terceiro trimestre deste ano, as duas novas funções do PIX possibilitarão saques em estabelecimentos comerciais.

Leia também:

Passo a passo para consultar suas informações no Cadastro Positivo

O que é e como funciona o Open Banking?

Por que jovens podem ter score baixo? Vamos explicar

A proposta do primeiro é permitir saques em estabelecimentos comerciais. Já o PIX Troco vai possibilitar que o consumidor pague uma compra via PIX com valor superior ao total e receba a diferença em dinheiro.

As duas novas modalidades, segundo o Banco Central, trarão maior conveniência aos cidadãos e, provavelmente, aumentarão a competição entre os serviços financeiros.

Assim, as instituições financeiras estarão liberadas a fechar parcerias com estabelecimentos comerciais para oferecer saques.

Mas como vão funcionar estas duas novas funções do PIX? Vamos explicar abaixo.

O que é o PIX Saque e como vai funcionar

É uma transação para sacar dinheiro, informa o Banco Central. Quem precisa de dinheiro em espécie, com esta duas novas funções do PIX certamente não precisará mais buscar um caixa eletrônico ou uma agência bancária. Poderá, no comércio local conveniado a bancos, como uma lanchonete, um mercadinho, na padaria, fazer a retirada rapidamente.

Na prática, será igual a um saque simples realizado num caixa eletrônico. Mas usando o PIX. 

O interessado no saque, porém, terá de fazer a leitura de um QR Code disponibilizado pelo comerciante.  Primeiramente, terá de abrir o aplicativo do banco, apontar a câmera do celular para o código QR em um equipamento da loja. Só assim a transação será autenticada no PIX e o valor será transferido.

Ou, então, usar a função PIX “Copia e Cola” num equipamento do estabelecimento para fazer a operação de autenticação em seu celular. Após a autenticação, poderá iniciar o processo de transferência do valor e recebimento do dinheiro.

A fim de facilitar a vida do cidadão, está previsto pelo Banco Central que os caixas eletrônicos, também chamados de ATMs, possam oferecer o PIX Saque.

Como vai funcionar o PIX Troco

Resumindo, no PIX Troco o consumidor, ao pagar uma conta em uma loja, poderá fazer um PIX com valor maior ao do total da compra e receber o troco em dinheiro.

Por exemplo, o consumidor poderá pagar R$ 50 via PIX por uma compra de R$ 30. A diferença será devolvida em dinheiro.

Também no PIX Troco, o estabelecimento comercial terá de estar cadastrado.

Provavelmente, o PIX Troco será muito bem recebido pelos varejistas. Isso porque, acreditam os seus criadores, vai atrair consumidores para o estabelecimento e, por fim, diminuir a quantidade de dinheiro vivo em caixa no encerramento do dia.

Limitação de saques

Haverá limitação de saques por mês tanto com o PIX Saque quanto com o PIX Troco, conforme a proposta inicial do Banco Central colocada em consulta pública.

A previsão é de que cada cidadão terá direito a quatro saques gratuitos por mês via PIX Saque ou PIX Troco. A partir da quinta transação, os participantes (instituições financeiras e varejistas) poderão cobrar tarifas, a exemplo do que já ocorre hoje com os caixas eletrônicos 24 horas.

Limitação de valores

Também está prevista a limitação de valor por dia. A princípio é de R$ 500 por dia.

Outras regras

Pela proposta do Banco Central, as instituições financeiras e os estabelecimentos comerciais participantes poderão definir outras regras. Entre elas:

•          Determinar os horários ou dias da semana em que os serviços serão oferecidos pelos comerciantes;

•          Se o estabelecimento comercial disponibilizará tanto o PIX Saque e o PIX Troco ou apenas um deles;

•          As condições de saque. Por exemplo, saques permitidos apenas com múltiplos de R$ 10 ou R$ 50.

Modalidades do PIX hoje

Atualmente, está em vigor apenas o PIX por transferência e por QR Code. Em ambas as opções, os cidadãos podem realizar transações financeiras 24 horas por dia, sete dias por semana. Diferentemente das TEDs e DOCs, o pagamento ou a transferência de dinheiro ocorre em segundos.

Mais novidades no PIX

O PIX Troco e o PIX Saque não são as únicas possibilidades estudadas pelo Banco Central. O órgão regulador das instituições financeiras planeja o lançamento do PIX Cobrança e do PIX Garantido.

Na modalidade “Cobrança”, o funcionamento será semelhante ao boleto bancário, com data de vencimento, multa e juros em caso de atraso.

Já o “Garantido” deve ser uma alternativa ao cartão de crédito, permitindo o parcelamento de compras. Ou seja, em numa compra parcelada em cinco vezes, por exemplo (pode ser menos ou mais), o lojista irá receber as parcelas, mês a mês, e elas terão um garantidor, a exemplo do cartão de crédito, cujo pagamento é garantindo pela administradora.

Aplicativo Boa Vista

Você já baixou o aplicativo da Boa Vista em seu celular? Não? Então entre na loja de aplicativos e baixe rapidinho e de graça!

Nele você terá na palma da sua mão o seu Score e saberá quais informações suas estão no Cadastro Positivo.

Poderá também consultar se tem dívidas vencidas, cheques devolvidos e protestos.

Outras vantagens são negociar suas pendências financeiras e solicitar empréstimos.

Consulte grátis seu CPF e SCORE
Comece agora uma nova vida financeira

Posts relacionados